Associação Portuguesa de Harpa

Dias de Verão com Harpa

Dias de Verão com Harpa

Realizaram-se este ano os primeiros “Dias de Verão com Harpa” (10, 11 e 12 de Julho) no inspirador espaço da Quinta do Ramalhão, em Sintra. Durante estes dias, as harpas invadiram as salas da Quinta para receber os 25 participantes vindos de Aveiro, Palmela, Linda-a-Velha e Lisboa. Conduzidos pelas professoras Ana Castanhito, Beatrix Schmidt e Carolina Marcelino, foram dias de aulas, actividades ao ar livre, actividades criativas e bailes ao som da harpa, concertos e aprofundamento de conhecimento harpístico. No primeiro dia, terminamos a dançar ao som da harpa da Ana Isabel Dias e das percussões do Baltasar Molina. Tivemos a presença do Vincenzo Scerbo da Salvi e do Moises da Mundimusica, que nos trouxeram harpas e fizeram uma apresentação sobre construção de harpas. O segundo dia terminou com um concerto de harpa solo pela Inês Cavalheiro e Catarina Rebelo, alunas de excelência e laureadas do Prémio Jovens Músicos 2014. Foram dias muito especiais de partilha e música que encheram de alegria o nosso Verão!

Veja todas as fotos AQUI.

 

2 Comentários

  1. Resultado: Brilhante! É preciso mais eventos como este.
    Estes eventos têm de ser divulgados pois são de grande valor e demonstram o que se faz em Portugal com jovens e o potencial que existe para o futuro de Portugal no mundo artístico.

    Foi com imensa satisfação que consegui inscrever a minha filha neste evento.
    A minha expectativa era alta, principalmente devido aos fatores: (i) CV das professoras envolvidas e (ii) a formação musical em Harpa dos jovens participantes.
    O Desafio era grande para estas professoras principalmente devido quantidade de participantes (crianças e jovens) e suas idades, a necessidade de Harpas para todos e transporte para os participantes vindos de diversos locais de Portugal e acima de tudo a satisfação final dos participantes.
    Estas professoras com a sua vontade, dedicação e o acreditar neste evento, conseguiram ultrapassar as situações que poderiam ter comprometido o sucesso deste evento.

    Balanço final do evento:
    Memórias únicas para todos participantes de um evento único em Portugal;
    Experiências com outros professores, outras crianças e jovens num espaço diferente do habitual, localizado numa geografia impar.
    Os mais pequenos apresentaram uma música com várias harpas envolvendo uma letra e coreografia que abordavam vários requisitos importantes tocar um instrumento, neste caso Harpa, que passavam, pela postura corporal, aquecimentos físicos, e fusão com a harpa;
    Os jovens participantes apresentaram um concerto com cerca de 20 harpas, experiência fantástica e com resultado muito positivo.
    Parabens!

    • Foi um prazer muito grande fazer parte destes dias que, espero, ficarão na memória de todos os que os viveram! Obrigada pelas bonitas palavras.
      Ana Castanhito

Enviar comentário